Em que consiste a cada vez mais demandada operação de ampliação e alargamento de pênis

Direitos de autor da imagenThinkstock

Michael acha que teria mais sucesso com as mulheres, se se sentisse mais seguro de seu próprio corpo. Por isso, os seus 64 anos, vai se submeter a uma cirurgia de aumento de pênis.

“Só quero um pau decente”, contou à BBC.

E, embora muitos questionam se realmente importa o tamanho do pau, cada vez são mais os homens —de todas as idades— que, como Michael, estão dispostos a passar pela sala de cirurgia para alongar e alargar o seu membro viril.

No Reino Unido o número dobrou nos últimos 10 anos, segundo a Associação Britânica de Cirurgiões Pásticos Estéticos (BAAPS, na sigla em inglês).

Mas o fenômeno é global.

O último estudo da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica (ISAPS, na sigla em inglês) revelou que, em 2014, se levaram a cabo 15.414 operações de aumento de pênis no mundo, a maioria delas na Alemanha.

Venezuela, Espanha, México, Colômbia, Itália, Brasil, Argentina, Estados Unidos e Irã completavam a lista dos 10 países que mais se praticou este tipo de cirurgia durante esse ano.

Os países onde se praticam mais operações de aumento de pénis

1. Alemanha

2.786 operações

2. Venezuela

473 operações

  • 3. Portugal 471 operações
  • 4. México 295 operações
  • 5. Colômbia 266 operações
  • 6. Itália 256 operações

Fonte: Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica (ISAPS), 2014bbc

Mas em que consiste esta intervenção cirúrgica?

Uma equipe da BBC visitou uma clínica em Londres para descobrir como se leva a cabo e quão eficazes são os resultados desta operação (de acordo com médicos e pacientes).

“12 centímetros”

“Os homens acham muito difícil admitir algo que provavelmente já sabem: que seu pau não tem o tamanho que deveria“, disse à BBC David Mills, diretor da clínica de estética em londres Moorgate Aesthetics.

Nos últimos dois anos, este centro tem levado a cabo relações entre 400 de pau, e Mills afirma que houve um aumento significativo do interesse por este tipo de operação nos últimos anos.

Direitos de autor da imagenThinkstock

“Antes o aumento de pénis era algo que ficava totalmente à margem da cirurgia plástica. Pode ser que o aumento da demanda se deve a que, agora, há mais homens do que nunca, submetendo-se às operações de cirurgia estética”, explica.

Então, há uma obsessão em ter um pênis de tamanho grande?

Mills não acredita.

Não acho que (os pacientes) estão obcecados com o fato de ter um pau muito grande. Mais bem sentem que não dão a tamanho. Querem ter um pênis de tamanho médio”, diz.

Segundo o profissional, o que a maioria dos pacientes pedem é chegar a cerca de 12 centímetros.

“Alguns têm um pênis muito pequeno. É algo que não se pode negar. E eles sabem disso”.

“No pior dos casos, podem ter uma condição chamada micropênis.

“Nessas situações, o tamanho do pênis é de 5 a 10 centímetros ereto. Eles estão conscientes de que é pequeno”, afirma o especialista.

E as brincadeiras de vestuário, assegura, não os ajudam.

Mais comprimento e espessura mais

A operação de alongamento consiste em cortar um cruzamento da base do pênis para torná-lo mais longo: cerca de 2,5 centímetros, aproximadamente, quando está flácido.

E em ereção terá exatamente o mesmo tamanho.

Direitos de autor da imagenThinkstock

Para fazê-lo mais grosso, que é injetado gordura obtida do estômago ou do traseiro do paciente, e em outras vezes se adiciona ácido hialurônico.

No total, isso permite somar cerca de 4 centímetros de espessura.

Trata-Se de um tratamento cosmético inovador que não está ao alcance de todos: as operações de aumento do comprimento e espessura superam os US$9.400 e o espessamento não cirúrgico custa cerca de US$3.000.

Mas aqueles que se submetem a ele tendem a ser felizes,.

O que dizem os seus pares?

“Na maioria dos casos, a resposta do casal costuma ser: ‘Acho que não faz falta, é bom, como é’. Mas eles acreditam que elas dizem isso apenas para ser gentil”, explica o dr. Mills.

De acordo com a psicóloga clínica Jessica Frankl-Weinberger, a pornografia também tem desempenhado um papel fundamental no aumento da procura deste tipo de operações.

E, com ela, concorda José Gregório Eurnández, um cirurgião questa a data já fez mais de mil intervenções deste tipo en Venezuela.

Segundo conta a BBC Mundo, a maioria foi para indivíduos entre 18 e 75 anos “que padeciam de micropênis ou uma disfunção de ejaculação rápida, com a auto-estima baixa e más expectativas no âmbito do desempenho sexual”.

“E é que a intervenção, que é ambulatorial e é praticada no consultório sem risco, não só melhora a função sexual, mas que ajuda a melhorar a auto-estima”.

Mas também há quem busque referências em pornografia antes de recorrer à sua pergunta.

A intervenção, que é ambulatorial e é praticada no consultório sem risco, não só melhora a função sexual, mas que ajuda a melhorar a auto-estima”.

José Gregorio Hernández, cirurgião

Há falsos padrões e modelos erráticos que olhar para os atores, que distorcem o real conceito”, diz à BBC Mundo.

As expectativas de Michael são muito diferentes, mas também espera mudar sua vida depois da operação.

“Provavelmente estou vindo mais porque me sentirei mais confortável comigo mesmo. E quando leve shorts e esse tipo de vestuário me vejo bem”, conta, ao mesmo tempo que sorri.

“Não quero um pau grande. Apenas um pau normal”.